(61) 9 9287-4202 - Whatsapp contato@sucessso.com

Aqui vão seis dicas que podem fazer toda diferença na hora de você abrir uma empresa e podem, ainda, evitar um processo de falência.

Bom senso

O mercado que você escolheu é realmente o melhor? O markup, quanto você ganha em cima de cada produto, é suficiente para sua empresa ter viabilidade econômica? Quantos cupcakes são precisos vender para você pagar o seu aluguel? A sua ideia faz sentido?

Custos

O valor do aluguel pode inviabilizar imediatamente o seu negócio, sabia? E se o seu plano de custos não sair do óbvio você terá um pesadelo pela frente. Muitas pessoas fazem contas irreais. Por exemplo, dizer que quer “atingir somente 0,1% do mercado”, não faz com que isso seja possível ou fácil.

Loja

Vivemos no século XXI, você precisa mesmo de um ponto comercial? Uma loja física? O que você acha de começar vendendo para os seus amigos, utilizando indicações e a internet para isso? Comece enxuto (lean).

Produto físico

Vender serviços ou produtos digitais livram você de uma série de problemas, como produção, espaço físico e entrega. A internet vai ajudar a ser escalável (vender mais gastando menos), uma excelente maneira de começar, pois você irá gastar menos e terá menos problemas. No caso de serviços que usam negócios relacionais, não se preocupe, você pode usar um café como seu escritório.

Comida

Para abrir um negócio que envolva comida no Brasil, você precisa resolver um grande problema para expandir seu negócio: fornecedores. Vivemos em um país com graves problemas de logística (trânsito e centros de distribuição), por isso temos raras franquias de restaurantes, que precisam criar seu próprio sistema de distribuição no país (McDonalds, Subway etc). Ou seja, ao abrir um restaurante, faça isso se você sonha em viver como um chef de cozinha (tem apenas um restaurante e acorda cedo para comprar alimentos frescos) ou então tente expadir e se prepare para enfrentar diversas dificuldades.

CNPJ

Você precisa mesmo se formalizar? Não será melhor primeiro testar o seu mercado? Ver o feedback dos seus clientes quanto o seu serviço ou produto? Só recomendo um cnpj quando você já estiver estabilizado na sua proposta, no seu modelo de negócios.

Estas são dicas simples, mas que podem gerar pensamentos complexos e podem salvar você de uma enrascada. Conte para mim as suas experiências e me diga: quais são as suas dicas?

Share This