(61) 9 9287-4202 - Whatsapp contato@sucessso.com

As grandes agências de publicidade hoje se parecem muito com os produtos da Apple, você paga 23 mil reais em um Macbook Pro e fala que comprou um excelente produto? Sério? Se ele fosse ruim, aí assim sim teríamos um grande problema…

“Eu não sou senhor do tempo, mas eu sei que vai chover”

Com milhões para investir, qualquer macaco treinado é capaz de fazer acontecer e para mim isso resume a publicidade nos dias de hoje!

Back in time…

Ao abrir meu primeiro negócio formal (leia-se CNPJ), tive que arrumar tempo (conhecimento) e dinheiro para começar. Tudo tem um preço, desde os juros do empréstimo, dos bens adquiridos, os impostos pagos, o estoque e principalmente o suor…

No pain, no gain

Foi este MEDO de perder tudo (tempo e dinheiro) que me fez entregar produtos e o meu sangue, mas não filme-sem-dor-sem-ganho-pain-and-gainnecessariamente valor para as pessoas (a raiz do capitalismo). Foi justamente o PESO desta responsabilidade que me fez diferente do resto da população e me transformou em um empreendeDOR (formal).

O preço do risco!

Não existe resultado sem risco. A inovação acontece quando eu entro em um mercado para adquirir clientes e preciso competir com outras empresas para entregar o meu melhor. Não é uma briga entre empreendedores, é uma guerra para gerar mais valor para os consumidores.

A riqueza das nações

Este é o pricípio do livre mercado, um sistema perfeito para gerar riqueza, não para resolver os problemas do mundo, assim como Adam Smith previu. O livre mercado é uma faca, se você usa para matar alguém… é problema seu! A base da geração de valor é que tudo na vida envolve risco… de alguém corromper o sistema ou de perder e ganhar milhões servindo ao próximo. E como qualquer coisa… não é fácil, se fosse, você não estava aqui.

Quem tem C* tem MEDO!

Nesta minha longa jornada como empresário, aprendi o preço do risco e foi no mercado de infoprodutos que me eduquei como empresário e principalmente como adulto. Lembro como se fosse ontem, quando eu usava o meu cartão de crédito para investir em um valor futuro para receber um retorno presente, em um giro de capital de poucas horas (isso é risco)… Um negócio realmente dinâmico com mini ciclos.

Jeff Walker

Trabalhava como afiliado em 2006 em um portal americano (ClickBank) oferecendo produtos digitais (em espanhol) para o mercado latino-americano. Isso significava colocar cem dólares em Google Adwords e esperar que a minha jeff-walkercampanha gerasse algum resultado…

Broke

Muitas vezes o resultado era menor do que zero (deal it with) e outras gerava mais de 100% de ganhos. Toda semana eu recebia cheques em dólar como pagamentos pelos correios e ainda perdia grana no câmbio (a vida não é fácil). Compensava, mas a que custo (leia-se perder dinheiro)?

Ovos de ouro

Toda vez que eu encontrava uma boa oportunidade eu investia tudo e faturava até a galinha morrer. Aí começava tudo de novo… O ROI (retorno sobre investimento) virou meu mantra e cada centavo era dinheiro.

Brazilian hustler

Pela minha experiência, é neste tipo de investimento que eu acredito, pois dinheiro que vem fácil… vai fácil. O governo mesmo nos cansa de provar isso, todo dinheiro sem viés econômico (geração de valor) vai parar na boca do lixo. Seja com programas de incentivo, ajuda social ou fundo perdido, pois MATA o livre mercado já no seu princípio, cadê a competição, CADÊ O RISCO!? Não existe valor e nem inovação dentro de um monopólio (artificial).

O marketing destroe TUDO!

O guru Gary Vee sempre alerta “o marketing destroe todos os mercados”, é um vírus que suga ao máximo gary_veequalquer canal de comunicação até ele se esgotar (Facebook Ads) e precisarem criar algo novo (Snapchat). Toda rede social já experimentou isso antes… E como toda pirâmide financeira é o topo que regula e comanda, são as grandes agências de publicidade que controlam o dinheiro e o jogam pelo ralo. Confira os números….

“Dados da ANA “Association of National Advertisers”, mostram:

✔ A cada dólar gasto com Mídia Programática, 60 centavos vai para agências e plataformas/ferramentas de tecnologia.

✔ Algo entre 3% e 37% é jogado no ralo por causa de fraudes envolvendo programinhas maliciosos chamados de robôs (bots) que geram cliques e impressões falsas. São pelo menos mais 10 centavos.

✔ Existem também os bloqueadores de anúncios ou ad blockers, que tiram cerca de 20% da audiência.

Resumindo: quando uma empresa como Coca-Cola, P&G ou Unilever investe R$ 100 mil em Mídia Programática, apenas R$ 24 mil realmente alcança consumidores em potencial, os outros R$ 76 mil vão para o ralo digital.” – Rafael Palermo

FONTE
Digital Advertising: A Shady, Shoddy, Fast-Growth Business:
http://www.foliomag.com/2016/digital-advertising-a-shady-shoddy-fast-growth-business/

Naive

Isso significa que as grandes empresas confiam demais em quem não precisa de responsabilidade (o dinheiro não é deles). Como eu mostrei acima, investir cem dólares para ganhar alguma coisa é DOLOROSO, mas gastar milhões de dólares em uma campanha de marketing e vender… é fácil demais!

Coisa de moleque!

As grandes agências gastam uma verba desproporcional para entregar um resultado ridículo, mas que funciona, por que estamos falando de valores astrômicos, que se fossem usados para fazer uma fogueira iriam chamar a atenção do mundo mesmo assim.skeptical-kid-featured-image

Golias

Os gigantes da publicidade são contratados para fazer um trabalho que poderia ser feito de maneira MUCHO MÁS eficiente por um… GAROTO! Não um que ganha salário, mas um que trabalha com resultado (para ele mesmo). Sim, colocar o seu na reta tem um contexto completamente diferente… Mesmo que algumas agências já usem um sistema meritocrático, a sua gordura (salários e alugueis) não permitem aquilo que deveria ser feito!

SUCCESS FEE

Na hora de investir o seu SUADO dinheiro, gaste com quem tenha o mesmo apego e suor que você, que trabalhe com success fee (taxa de sucesso). Seja eficiente, seja lean (enxuto), seja justo, pague pelo tempo de trabalho, pela venda e nunca se esqueça… dinheiro demais ATRAPALHA. Use com moderação e questione os barões da publicidade, que pensam no bolso deles e não no seu. Este modelo se esgotou!

Att.
Roberto Pantoja
www.wehatead.com/agencia

Share This