Ninguém compra um imóvel pela internet, ela é apenas um canal de venda (ainda). Sim, hoje, tudo passa pela rede, mas vender imóveis é um negócio relacional (relacionamento) e não transacional (sem relacionamento). Mesmo sendo apenas um canal, a internet oferece informações valiosas e que são ignoradas pela maioria.

Os sites nos quais você insere seus imóveis, em sua maioria, oferecem relatórios importantes, como: o número de visitas em cada imóvel e quais são os mais populares. Com estas informações você pode entender o comportamento de compra dos seus clientes. Por exemplo, você irá entender que um grande número de pessoas entram para ver um determinado imóvel, mas não ligam e nem fazem proposta por diversos motivos, como: preço incorreto, poucas fotos, fotos ruins, descrição cheia de jargões de mercado, descrição pobre ou que repete informações da ficha. Você também irá entender quais bairros e imóveis são os mais desejados pelos clientes, e assim poderá focar em captar no que traz resultados. Assim você entende os motivos do porque os imóveis não estão sendo vendidos.

pub_vireumlider

Observe os fatores em comum entre os imóveis que geram visitas, mas que não geram contatos (ligações e emails) para compreender se é a informação (visual ou texto) que está dificultando a vendo, se é o preço (maior frequência), a localização ou o bairro que está em baixa. Use destas informações (métricas) para otimizar o seu ROI (retorno sobre investimento). Faça isso, não apenas, para vender mais, mas para gastar menos! Muitos custos são desnecessários, entendendo quais, você pode gastar melhor com o que dá resultado. E assim poderá eliminar as captações podres e o marketing com imóveis que jamais serão vendidos. Com métricas você ganha mais e gasta menos!

Este relatório deve ser verificado com frequência, recomendo, pelo menos uma vez por semana, afinal, custos são como unhas, é preciso cortá-las sempre, se não elas voltam a crescer!