(61) 9 9287-4202 - Whatsapp contato@sucessso.com

Acredito que todo mundo já entendeu a importância de gerar conteúdo para atrair novos leads (palavra da moda que significa clientes), assim como a importância de um funil de vendas. No entanto, a grande verdade é que a maioria das pessoas não sabem fazer nem um e nem outro, seja por ignorância (não sabe), seja por arrogância (acha que sabe).

Empresários normalmente são arrogantes, eu tenho o direito de falar isso, pois também sou empresário. São assim pelo simples fato de sermos proativos (99,999% da humanidade não é), então naturalmente achamos que sabemos de tudo e isso atrapalha a importante arte de analisar nosso próprio negócio. Depois que alguém disse (Google criou um novo SEO – link para o post do Google apps) que conteúdo era nova forma de captar (forma indireta) usando a atração, o inbound marketing virou o novo mantra dos gurus online. Por isso toda empresa “não pode ficar fora dessa”.

Relacionamento > Marketing de Relacionamento > Marketing de Conteúdo

Nessa moda, voltamos no tempo, quando se batia na porta para vender (marketing one to one), só que agora batem na nossa porta. O relacionamento sempre funcionou (sempre vai) quando o assunto é vendas, mas o que as pessoas estão fazendo não é isso, mas um novo tipo de spam, que ao invés de usar imagens (banner) ou emails inconvenientes, usam posts baits (isca) que não ensinam nada, além criar o oposto de uma amizade.Resultado de imagem para emotion vomito

A boca do funil de vendas não foi feita para vomitar. 

Em torno dessa falsa premissa surgiu uma verdadeira indústria, de agências que estão roubando dinheiro dos clientes (não dão resultado) até startups que criaram uma máquina de spam (também não entregam valor). A culpa não é apenas dos golpistas do marketing, mas também dos empresários que contratam serviços absurdos, como um estagiário de jornalismo que escreve um texto de neurociência para um laboratório médico. Da mesma forma que não existe dinheiro fácil, também não existe engajamento sem a participação do dono.

Raras empresas conseguem realmente terceirizar seu ativo mais importante: gerar vendas.

 

 

Pare de contratar um serviço que você não precisa, para depois não tomar um tombo (trabalho sem resultado) de milhares de reais.” – Ronald Fucking Reagan

Legal Roberto, já sabemos que você é um babaca e fala mal de todo mundo, mas cadê a solução meu filho? Toma essa então!

1 – “Menos é mais” – Rocco Sinfredi

Engajamento requer tempo, ninguém quer namorar um babaca, então pare de gerar centenas de posts inúteis. Foque em produzir conteúdo somente quando for relevante.

2 – Tenha almaResultado de imagem para Rocco Siffredi

Meu conteúdo tem a minha assinatura, minhas palavras carregam a minha personalidade (palavrões) e é exatamente por isso que você não pode terceirizar VOCÊ.

3 – Você

Pare de tentar se enganar, separar pessoa física da jurídica, aprenda uma coisa, sua empresa é você. Sim, empresas são feitas por pessoa e se você não lembra, você é um ser humano.

4 – Baixe a bola

Mark Zuckerberg têm trilhões de dólares na conta, no entanto mostra semanalmente sua família, cachorro e ainda faz Lives. Você provavelmente não têm trilhões na conta, então porque não é capaz de assumir sua responsabilidade em engajar seus clientes?

5 – Online?

Não existe atração apenas no mundo mágico da Internet, e além disso, muitas vezes a sua empresa não precisa da internet (sim, é verdade) para fechar negócios. Pare de ser Maria vai com as outras (é preciso primeiro analisar sua necessidade).

O que você aprendeu hoje amiguinho?

Não terceirize sua alma, porque será um trabalho feito por um robô estagiário ou sanguessuga. Uma empresa séria de marketing vai desenhar a sua responsabilidade e coproduzir suas estratégias!
Ficou interessado em como funciona isso?

Att.
Roberto Pantoja
61 9 9287-4202
www.wehatead.com

Share This